quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

E quando não sabemos o que oferecer?

A época do Natal está instalada, e com ela vem a correria às compras, que a mim ainda não começou por falta de tempo. Só que eu, antes de me meter nessa aventura, costumo escrever numa Agenda o que pretendo dar aos familiares e amigos, mas este ano estou com poucas ideias...


Falta a mãe do meu namorado, o pai, a minha Avó, uns colegas e já dei voltas à cabeça e nada me ocorre. Já vos aconteceu?

6 comentários:

Bomboca do Amor disse...

Detesto quando isso me acontece! A melhor solução é livros e vinho num bom embrulho, embora ache que é um pouco distante.
Beijinhos,
Bomboca do Amor.

Panda disse...

Não.
Até porque eu só dou prendas aos sobrinhos, jogos aos 2 mais velhos, a minha afilhada diz-me sempre o que quer, e uns carrinhos aos 2 mais novos. :)
Cá em casa não há desperdício de dinheiro (típico de famílias enormes como a minha).

Pampas disse...

O ano passado andei assim mas este ano para a família já está decidido...vou fazer um álbum para toda a gente do membro mais recente da família, o di. Agora para o namorado é que não está nada fácil =/ É que nem inspiração tenho!!

Beijinho*

Nokas disse...

Ainda me faltam tantas...e não faço ideia do que oferecer!

Beuxa disse...

O que mais me preocupa são as prendas dos mais pequenos, depois de ter essas palaneadas, as dos adultos normalmente são só umas lembrancinhas.
Um passeio pelo centro comercial é capaz de te ajudar :)

Bricolar e Poupar disse...

Se já aconteceu? heheh acontece-me todos os anos, nunca tenho muitas ideias sobre o que oferecer, especialmente para a família mais chegada, pais e irmã.
Bom fim de semana