terça-feira, 29 de março de 2011

Os Títulos Académicos e as vossas opiniões

Ontem, numa formação, discutiu-se os Títulos Académicos e o facto, de algumas pessoas, quando terminam a sua Licenciatura, fazerem questão de serem tratados por Dr(a). E ainda, aqueles que preferiam os títulos de Eng. ou Arquitecto.

Ficámos ali a discutir se seria ou não adequado e se no Protocolo, isso deveria ser tido em conta.

Qual a vossa opinião?

9 comentários:

A. disse...

Acho que provavelmente depende dos locais. Eu pessoalmente não me identifico quando me tratam pelo título. Lembro-me da primeira vez que o fizeram e em que não percebi minimamente que era a mim que se referiam.
Só não gosto é quando me tratam por tu nalgumas situações e falam sem respeito. Agora se me tratarem por tu e mostrarem respeito é sem qual problema ;)

Sweetcita disse...

Acho que depende dos locais de trabalho..mas aquilo que realmente me irrita são aquelas pessoas que acham que só por ter uma licenciatura são mais que os outros...isso sim é irritante. Mas tal como a A. acho que o respeito é que é importante, o tu, você ou Dra. nada conta se não houver respeito. bjinhod

Baunilha disse...

Eu pessoalmente não gosto que me tratem por Dra., até porque há pessoas que o fazem com ar sarcástico e eu percebo muito bem isso... enfim, é o que acontece num local de trabalho onde só há mulheres e que não gostam de receber ordens, ainda por cima de uma "miúda" :)
Aprendi, ao fim de uns bons anos que o "dra." é um mal necessário; as pessoas a quem eu dei abertura para me tratarem por "tu" foram as que mais me decepcionaram e enganaram...
Felizmente ou infelizmente o "Dra." cria logo uma distância, muitas vezes essencial, no local de trabalho. É que ninguém está lá para ser amigo de ninguém!! Aprendi que não devia ter sido tão "boazinha" e tão "tu cá tu lá"... devia ter sido sempre "a doutora"!
Por isso, fora do trabalho não gosto ou é-me indiferente, mas no trabalho sim...
Não sou mais nem menos que as pessoas que não estudaram para isso, mas andei anos e anos a fazer muitos sacríficios e a queimar pestanas para fazer aquilo que gosto...agora estou submetida a ordens superiores que vão contra os meus principios, sofro de abuso de poder, sou mal paga... se esse é o meu título profissional, ao menos que goze dele! :)

Panda disse...

Acho isso tudo uma estupidez.
E sou licenciada.

Catarina A disse...

É rídiculo.
Esta gente que vá enfiar a arrogância deles num sitio que eu ca sei.

Deia disse...

As pessoas podem ter os titulos todos que quiserem desde que sejam humildes e nao inferiorizem os outro!

Bela disse...

Eu também acho que depende dos locais.

xoxo

Luzia André disse...

Nao vejo problema nenhum em chamar de Dr aquele que se empenhou em estudar e faz juz ao titulo.
E tambem nao acho que isso faz com a pessoa seja melhor ou pior por conta disso, as pessoas sao o que sao independente de titulos.
O ser humano sim vale e muito independente de qualquer coisa isso e que deve ser levado em consideracao o valor da criatura muito antes que coisas, objetos, titulos etc.

Inês Robalo disse...

Para mim os doutores são aqueles que estão nos consultórios médicos! :D Acho que uma pessoa não deve ser valorizada apenas por ter um licenciatura, quantos há que apenas têm o 4º ano e têm uma capacidade que muitos licenciados ter e não têm, aliás têm apenas um papelinho que se paga bem a dizer que somos licenciados! Muitos esforçam-se para ter esse bendito papel, mas quantos há que não fazem a ponto dum c.... e têm o papelinho na mesma!